fbpx

10 lugares onde fazer Campismo Selvagem em Portugal

 

Existe muito pouca informação sobre Campismo Selvagem em Portugal, ou melhor, sobre pernoita! Espero esclarecer alguma dela e ajudar-vos a encontrar uns spots fixes onde o fazer!

 

Mas antes disso!

 

Se gostas deste tipo de coisas
Segue-me no Instagram 🙏
É uma forma de apoiares o meu trabalho, e ficares a par de todas as aventuras! Muita coisas andam a acontecer!!
⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️

@followthesuntravel

 

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.

 

Campismo selvagem em Portugal

 

Quem me acompanha sabe que raramente pago para acampar. No entanto isso não tem a ver com o dinheiro que poupo, mas com a experiência que procuro: fazer campismo selvagem é estar em contacto pleno com a Natureza! Sim, porque acredito que esta actividade é para os verdadeiros amantes da Natureza.

Eu entendo que esta minha opinião e partilha seja controversa, e percebo se não concordas comigo. No entanto, na minha experiência, quem lê este tipo de artigos, e faz este tipo de actividades, não polui nem deixa lixo. Bem pelo contrário, limpa o lixo que não é deles. A verdade é que não há lugares secretos, há sempre alguém que já conhece um ou outro lugar, e, infelizmente, muitas vezes são as pessoas da própria zona ou arredores que os poluem. Acredito que o facto de existir mais gente nestes sítios, amantes de natureza (como vocês que estão a ler isto), contribui para a sua preservação.

Por isso deixo este mote – apanham o vosso lixo e o que os outros deixaram, e enviem-me uma foto desse acto no Instagram!

Pode ser ? 😉

 

Toda a gente pergunta: “Então mas não é proibido??!”. Fazer campismo, na lei, significa ficar mais que um dia, no mesmo lugar, acampado, com as tendas montadas ou as caravanas estacionadas com as coisas cá fora. Isso é proibido! Mas pernoitar, em maior parte dos sítios no nosso País, é legal. A não ser nas reservas! Pernoitar significa passar a noite: montar as tendas de noite e levantar as tendas de manhã – que é o que eu faço!

 

De todas as vezes que o fizemos, tivemos “problemas” com a polícia duas vezes. Das duas vezes quiseram identificar-nos e mais tarde recebemos uma carta a dizer que podiamos pagar uma multa. Respondemos à carta dizendo que estávamos só a aproveitar a Natureza, com bom senso e respeito, e acabamos por não pagar nada. De todas as outras vezes que fomos abordados pela polícia, percebem exactamente isso: que somos jovens que respeitam a Natureza e a liberdade dos outros, e que só queremos passar uma noite tranquila sem chatear ninguém. O normal é depois de dois dedos de conversa, pedirem-nos simplesmente para desmontar as tendas.

 

É muito bom que haja controlo porque nem toda a gente é como nós, e a nossa liberdade acaba quando perturbamos a liberdade e o bem estar dos outros 😉

 

Acima de tudo é importante que percebam que partilho este artigo de consciência tranquila porque, não discordando de forma nenhuma que existam leis que nos protejam de pessoal porco e inconsciente, acho que estamos muito atrasados no que toca a este tipo de conceito e este tipo de viajantes. Mesmo autocaravanistas. Na minha opinião, não é a tirar os balneários das praias, as casas de banho públicas, os acessos, etc… que vamos evitar que as pessoas façam o que gostam. É sim a regulamentar, a dar condições, acessos e informação que contribuímos para que as coisas sejam feitas de forma consciente e respeitosa, com a acontece em muitos outros países!

 

se me quiseres conhecer um pouco melhor

⬇️Entrevista no Maluco Beleza ⬇️

1 . Campismo Selvagem no Alqueva, Alentejo

 

O Alqueva continua a ser um segredo bem guardado do nosso pequeno país, cheio de encanto e silêncio. Melhor que tudo, perto de lugares lindíssimos como o Castelo de Monsaraz e de Mourão. Aqui basta puxar um bocado pela imaginação, dar uma olhadela ao Google Maps, escolher um caminho de terra que vá dar perto da àgua, e atirar a tenda!

 

2 . Campismo Selvagem no Rio Toco, Fafião

 

Fafião é uma aldeia lindíssima, com pessoas incríveis. Um lugar a passar, sem falta, quando se anda pelo Gerês! Mesmo ao lado de Fafião passa o Rio Toco. Um pouco crowded durante Agosto, mas tranquilo durante o resto do ano. Como em quase todos os lugares no nosso Gerês, basta subir ou descer uns 5 minutos o rio para encontrar em poco de água sem ninguém, só para nós 🙂 Para passar a noite não é preciso inventar muito, basta explorar um bocado a zona à volta da ponte e escolher o lugar ideal – o teu hotel de milhões de estrelas! Aproveitam e vão beber um copo ao café Fojo do Lobo, e jantar um menu de 6 euros ao restaurante com o mesmo nome.

 

 

3 . Campismo Selvagem na Praia do Torrão do Lameiro, Aveiro

 

Apesar de agora ser um pouco mais conhecida, esta praia continua a ser um lugar ideal para quem procura sossego – simplesmente porque não tem nenhum café nem parque de estacionamento por perto. O areal é enorme, e junto às dunas conseguem sempre arranjar um lugar para abrigar a tenda do vento que por vezes faz ao final do dia. Não precisam de inventar muito 😉

 

4 . Campismo Selvagem em Drave, Arouca

 

Drave é conhecida por aldeia mágica. Foi abandonada há já algum tempo, mas os escuteiros estão a recuperá-la e portanto é a aldeia “deles”. Por ser a aldeia deles, é provável que quando lá vão os encontrem. Na altura do verão, e principalmente durante o fim de semana, pode estar muita gente por lá e podem até não encontrar lugar na aldeia. A 4 km de Drave fica Regoufe, onde podem deixar o carro (sim, porque não há acesso de carro até Drave). É uma caminhada muito fácil, tranquila, sem grandes subidas (a não ser logo no inicio). Quando chegarem a Drave, se se quiserem esconder mais um bocado, basta seguirem o rio. Vão encontrar muitos poços de águas maravilhosos para dar uns mergulhos, e lugares perfeitos para montar a tenda 😉

 

 

Se gostas deste tipo de coisas

Segue-me no Instagram 🙏

É uma forma de apoiares o meu trabalho, e ficares a par de todas as aventuras! Muita coisas andam a acontecer!!

⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️

@followthesuntravel

 

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.

 

5 . Campismo Selvagem na Praia da Samoqueira, Porto Covo

 

Porto Covo é uma das vilas mais bonitas do nosso Alentejo, cheia de tradição e história. É claro paragem obrigatória na Rota Vicentina! É também um lugar com muita afluência de turistas que gostam de acampar e de pessoal de auto-caravanas (tem um parque de campismo e um parque de auto-caravanas). Infelizmente nem toda a gente que viaja de auto-caravana e que gosta de acampar é limpo, bora ser diferentes e dar o exemplo certo!

Muitas das praias ao longo da Costa a Norte de Porto Covo desaparecem com a maré alta, esta praia não. Afastada o suficiente da cidade para termos o sossego necessário, é o lugar perfeito para passar a noite e também o dia, pois tem muito menos gente que as praias mas próximas da cidade. Se a água estiver muito fria podem sempre ir dar um mergulho à praia de São Torpes, em que a água é aquecida!

 

 

6 . Campismo Selvagem no Açúde do Monte da Barca, Coruche

 

Já ouviram falar? Pois… provavelmente não! Mas é um lugar a não perder, acreditem. O melhor que podem fazer? Perguntem na aldeia, Foros do Rebocho, o melhor lugar onde ficar. Pode ser que tenham a nossa sorte e vos levem para um terreno privado com a melhor vista sobre a pequena Barragem 🙂

 

7 . Campismo Selvagem na Aldeia da Paradinha, Arouca

 

Arouca e a Serra da Freita são lindíssimas, e só agora estão a começar a ter a atenção dos turistas que merecem. A criação dos Passadiços do Paiva foi sem dúvida um boom gigante a região. Numa das pontas dos Passadiços, perto de Alvarenga, fica a Aldeia de Xisto da Paradinha. Toda recuperada, e com muitas casas para alugar, tem também uma pequena praia fluvial com muito espaço para montar a tenda!

 

 

⬇️Faz o seguro da tua próxima viagem por aqui  ⬇️

 

8 . Campismo Selvagem na Praia do Portinho da Arrábida, Sesimbra

 

A Serra da Arrábida é um lugar especial, ninguém fica indiferente ao ver tanto verde a acabar delicadamente numa praia tão bonita com uma água tão límpida! Fora da Vila do Portinho da Arrábida, há um parque de estacionamento para carros, para quem vai simplesmente passar o dia na Praia, a que chamam Praia do Creiro. É aí quem têm de deixar o carro porque é proibido estacionar junto à praia. É fácil encontrarem onde montar a tenda, basta seguirem no sentido contrário à vila e procurar por uma clareira entre as árvores. Parem nos Miradores da Serra, que ficam na estrada que vai até Setúbal, por cima da montanha (foto)

P.S.: preparam-se para uma visita de javalis durante a noite! Não deixem comida cá fora e não tenham medo, eles não fazem mal :p

 

 

9 . Campismo Selvagem na Praia de Almograve, Alentejo

 

A praia e Almograve é de cortar a respiração! Tem as falésias a fazer sombra e a esconder-nos dos mais curiosos e ainda tem chuveiros naturais: em alguns pontos da praia existem pequenos riachos que se transformam em chuveiros! Tem casa de banho e na entrada da praia uma espécie de mirador, o lugar ideal para ver o pôr do sol enquanto se prepara o jantar 🙂

 

 

10 . Campismo Selvagem na Praia de São Rafael, Albufeira

 

Um bocado longe da loucura de Albufeira, mas talvez não o suficiente, fica São Rafael. Durante o dia tem muita gente, sim, mas se forem inteligentes a montar a tenda, ainda conseguem dormir bem tranquilos. Virados para o mar, caminhem para o lado direito, e quase no fundo da praia arranjem um lugar perto das falésias , não demasiado claro, mas o suficiente para terem um bocadinho de sombra durante a manha! Para os mais aventureiros, se seguirem pelas falésias para Oeste, vão encontrar muitas praias “privadas”, perfeitas e desertas.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Sem palavras para descrever estas cores! E não, não é photoshop! É mesmo magia do nosso Portugal ❤️ No words to describe this color. And no, it’s not photoshoped. It’s real Portuguese magic! Can you spot me there chilling?! 😎 #portugal #algarve #albufeira #portugalcomefeitos #shooters_pt #portugueseroamers #portugalovers #fugaspublico #exploreourearth #wildernessculture #letsgosomewhere #lensbible #yourshotphotographer #visitportugal #igersPortugal #olhoportugues #portugalemclicks #outdoorsadventures #putyourselfoutthere #topportugalphoto #backpackersglobe #wondermore#ourlovelyplanet #earthoutdoors #estouaquipúblico #iatipelomundo #drone #dronephotography #fromwhereidrone #dji

Uma publicação partilhada por joão amorim | portugal (@followthesuntravel) a

 

Bónus – Curral do Pinhõ

 

Este lugar é possivelmente o meu preferido, porque várias razões:

 – é no Gerês;

 – é afastado de tudo (a 2 horas de caminhada da aldeia mais próxima);

 – é um abrigo de pastores com condições incríveis ;

 – fica perto de lugares lindíssimos, que só quem gosta de caminhar pode ficar a conhecer!

Não digo onde é aqui, mas digo como lá chegar a quem quiser mesmo saber e nos enviar uma mensagem 🙂 No entanto deixo as fotos para se babarem!

 

 

Este post é das melhores prendas que vos pudemos dar, são 10 anos de experiencia, a acampar por todo o País. Já sabem, o mais importante é terem discernimento e respeito, e assim tudo vai correr bem, como nos corre sempre a nós! Sejam discretos também.

 

Atenção: Não fazer fogueiras, são proibidas e muito perigosas.

 

Relembro o desafio: se encontrarem lixo nos lugares onde acampam, aproveitem para limpar 😉 Sim, porque acho escusado dizer para não fazerem lixo, certo?

 

Se gostas deste tipo de coisas

Segue-me no Instagram 🙏

É uma forma de apoiares o meu trabalho, e ficares a par de todas as aventuras! Muita coisas andam a acontecer!!

⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️

@followthesuntravel

 

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.

 

⬇️Faz o seguro da tua próxima viagem por aqui  ⬇️

10 thoughts on “10 lugares onde fazer Campismo Selvagem em Portugal

  1. Cláudia Pinto says:

    Concordo plenamente, e neste confinamento temos feito Campismo Selvagem (entenda-se que se trata apenas de uma noite e que a regra de ouro é deixar o espaço melhor do que o encontrámos) dentro do nosso concelho, andamos à descoberta do que há perto de nós sendo que a nossa ferramenta é o Google Maps.

  2. Rui says:

    Fiquei curioso sobre como chegaram e como se vai para o curral de pinhô, como posso lá chegar?
    Estava a pensar fazer o trail PR14, fazer um desvio até ao curral de pinho para pernoitar e depois voltar ao caminho, que recomendam?
    Obrigado
    Cumprimentos

  3. pant_20 says:

    Boa Tarde.
    Sou o Marco e resido no distrito de Leiria. Fui com a minha família fazer uma noite wild and free campismo na zona de Vilar de Amoreira, na zona da Pampilhosa da Serra. Foi muito agradável e posso dizer que ficamos rendidos ao Wild and Free. Foi uma noite de plena harmonia, em família e para relaxar. Depois uns banhos no Rio Zêzere para combater o calor e para diversão. Fiquei fã da zona em si em que fiz a descoberta de sítios maravilhosos para passar uns dias de sonho, só com a natureza. Mas houve um sitio especifico que eu não vou divulgar publicamente, que me fez querer ficar acampado por tempo indeterminado pelas suas condições, beleza, calma e dificuldade de acesso, que torna o local muito pouco frequentado. Estou a criar alguns equipamentos para poder ter condições de gerar eletricidade, para poder tomar duche de água quente como se fosse em casa, e poder purificar a agua do rio para a poder consumir sem risco biológico.
    Em termos de limpeza, somos muito cuidadosos e deixamos o ultimo espaço onde ficamos, melhor do que estava pois temos consciência que a não conservação e a poluição destes ambientes, poe em causa muito a sua livre utilização.
    Não acho justo os preços dos parques de campismo, dai ter entrado nesta aventura onde espero conseguir ter mais para contar em breve.
    A todos os fans do wild and free, umas boas estadias e férias. Acima de tudo, aproveitem em família porque o que mais nos marca, são os momentos bem passados, não o que ganhamos ou a tecnologia que temos. Não deixem lixo espalhado e preservem o meio ambiente.
    Cumprimentos: MS

  4. Gabriel says:

    Parabens pelas partilhas! Ótimas sugestões.
    Vou-me aventurar pelo campismo selvagem este fim de semana e estou entusiasmado. Escolhemos a zona perto da barragem do pego do altar por ser relativamente perto. Vamos ver como corre 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *