10 lugares onde fazer Campismo Selvagem em Portugal

Quem nos acompanha sabe que raramente pagamos por acampar. Não é só pelo dinheiro que poupamos, mas principalmente porque maior parte dos parques de campismo ficam longe dos lugares mais bonitos. Já para não falar que, quando fazemos campismo selvagem, estamos em contacto pleno com a Natureza! Toda a gente pergunta: “Então mas não é proibido??!” e nós dizemos: “É… mas pode-se fazer!”- tipo isto clicar aqui. De todas as vezes que o fizemos, tivemos “problemas” com a polícia duas vezes. Das duas vezes quiseram identificar-nos e mais tarde recebemos uma carta a dizer que podiamos pagar uma multa. Respondemos à carta dizendo que estávamos só a aproveitar a Natureza, com bom senso e respeito, e acabamos por não pagar nada. De todas as outras vezes que fomos abordados pela polícia, percebem exactamente isso: que somos jovens que respeitam a Natureza e a liberdade dos outros, e que só queremos passar uma noite tranquila sem chatear ninguém. O normal é depois de dois dedos de conversa, pedirem-nos simplesmente para desmontar as tendas.É muito bom que haja controlo porque nem toda a gente é como nós, e a nossa liberdade acaba quando perturbamos a liberdade e o bem estar dos outros.

1 . Alqueva, Alentejo

O Alqueva continua a ser um segredo bem guardado do nosso pequeno país, cheio de encanto e silêncio. Melhor que tudo, perto de lugares lindíssimos como o Castelo de Monsaraz e de Mourão. Aqui basta puxar um bocado pela imaginação, dar uma olhadela ao Google Maps, escolher um caminho de terra que vá dar perto da àgua, e atirar a tenda!

IMG_0070

IMG_0058

GOPR3297

Castelo de Monsaraz:

IMG_3762

2 . Rio Toco, Fafião

Fafião é uma aldeia lindíssima, com pessoas incríveis. Um lugar a passar, sem falta, quando se anda pelo Gerês! Mesmo ao lado de Fafião passa o Rio Toco. Um pouco crowded durante Agosto, mas tranquilo durante o resto do ano. Como em quase todos os lugares no nosso Gerês, basta subir ou descer uns 5 minutos o rio para encontrar em poco de água sem ninguém, só para nós 🙂 Para passar a noite não é preciso inventar muito, basta explorar um bocado a zona à volta da ponte e escolher o lugar ideal – o teu hotel de milhões de estrelas! Aproveitam e vão beber um copo ao café Fojo do Lobo, e jantar um menu de 6 euros ao restaurante com o mesmo nome.

P8018391

P8018395

_CSC0016

Um dos segredos por lá guardados:

DSCN9577

3 . Praia do Torrão do Lameiro, Aveiro

Apesar de agora ser um pouco mais conhecida, esta praia continua a ser um lugar ideal para quem procura sossego – simplesmente porque não tem nenhum café nem parque de estacionamento por perto. O areal é enorme, e junto às dunas conseguem sempre arranjar um lugar para abrigar a tenda do vento que por vezes faz ao final do dia. Não precisam de inventar muito 😉

4 . Drave, Arouca

Drave é conhecida por aldeia mágica. Foi abandonada há já algum tempo, mas os escuteiros estão a recuperá-la e portanto é a aldeia “deles”. Por ser a aldeia deles, é provável que quando lá vão os encontrem, mas não se preocupem que há espaço para todos. A 4 km de Drave fica Regoufe, onde podem deixar o carro (sim, porque não há acesso de carro até Drave). É uma caminhada muito fácil, tranquila, sem grandes subidas (a não ser logo no inicio). Quando chegarem a Drave, se se quiserem esconder mais um bocado, basta seguirem o rio. Vão encontrar muitos poços de águas maravilhosos para dar uns mergulhos, e lugares perfeitos para montar a tenda 😉

IMG_7134

IMG_7114

IMG_7162 (2)

5 . Praia da Samoqueira, Porto Covo

Porto Covo é uma das vilas mais bonitas do nosso Alentejo, cheia de tradição e história. É claro paragem obrigatória na Rota Vicentina! É também um lugar com muita afluencia de turistas que gostam de acampar e de pessoal de autocaravanas (tem um parque de campismo e um parque de autocaravanas). Infelizmente nem toda a gente que viaja de autocaravana e que gosta de acampar é limpo, bora ser diferentes e dar o exemplo certo!

Muitas das praias ao longo da Costa a Norte de Porto Covo desaparecem com a maré alta, esta praia não. Afastada o suficiente da cidade para termos o sossego necessário, é o lugar perfeito para passar a noite e também o dia, pois tem muito menos gente que as praias mas próximas da cidade. Se a água estiver muito fria podem sempre ir dar um mergulho à praia de São Torpes, em que a água é aquecida!

_DSC0185

_DSC0187

6 . Açúde do Monte da Barca, Coruche

Já ouviram falar? Pois… provavelmente não! Mas é um lugar a não perder, acreditem. O melhor que podem fazer? Perguntem na aldeia, Foros do Rebocho, o melhor lugar onde ficar. Pode ser que tenham a nossa sorte e vos levem para um terreno privado com a melhor vista sobre a pequena Barragem 🙂

_DSC0511 2

_DSC0548 2

7 . Aldeia da Paradinha, Arouca

Arouca e a Serra da Freita são lindíssimas, e só agora estão a começar a ter a atenção dos turistas que merecem. A criação dos Passadiços do Paiva foi sem dúvida um boom gigante a região. Numa das pontas dos Passadiços, perto de Alvarenga, fica a Aldeia de Xisto da Paradinha. Toda recuperada, e com muitas casas para alugar, tem também uma pequena praia fluvial com muito espaço para montar a tenda!

8 . Praia do Portinho da Arrábida, Sesimbra

A Serra da Arrábida é um lugar especial, ninguém fica indiferente ao ver tanto verde a acabar delicadamente numa praia tão bonita com uma água tão límpida! Fora da Vila do Portinho da Arrábida, há um parque de estacionamento para carros, para quem vai simplesmente passar o dia na Praia, a que chamam Praia do Creiro. É aí quem têm de deixar o carro porque é proibido estacionar junto à praia. É fácil encontrarem onde montar a tenda, basta seguirem no sentido contrário à vila e procurar por uma clareira entre as árvores. Parem nos Miradores da Serra, que ficam na estrada que vai até Setúbal, por cima da montanha (foto)

P.S.: preparam-se para uma visita de javalis durante a noite! Não deixem comida cá fora e não tenham medo, eles não fazem mal :p

_DSC0117

_DSC0049

_DSC0048

9 . Praia de Almograve, Alentejo

A praia e Almograve é de cortar a respiracão! Tem as falésias a fazer sombra e a esconder-nos dos mais curiosos e ainda tem chuveiros naturais: em alguns pontos da praia existem pequenos riachos que se transformam em chuveiros! Tem casa de banho e na entrada da praia uma espécie de mirador, o lugar ideal para ver o pôr do sol enquanto se prepara o jantar 🙂

_DSC0259

_DSC0191

_DSC0223

10 . Praia de São Rafael, Albufeira

Um bocado longe da loucura de Albufeira, mas talvez não o suficiente, fica São Rafael. Durante o dia tem muita gente, sim, mas se forem inteligentes a montar a tenda, ainda conseguem dormir bem tranquilos. Virados para o mar, caminhem para o lado direito, e quase no fundo da praia arranjem um lugar perto das falésias , não demasiado claro, mas o suficiente para terem um bocadinho de sombra durante a manha! Para os mais aventureiros, se seguirem pelas falésias para Oeste, vão encontrar muitas praias “privadas”, perfeitas e desertas.

IMG_2963

_DSC0434

A jantar no parque de estacionamento :

IMG_2943

Bónus – Curral do Pinhõ

Este lugar é possivelmente o meu preferido, porque várias razões:

  • é no Gerês;
  • é afastado de tudo (a 2 horas de caminhada da aldeia mais próxima);
  • é um abrigo de pastores com condicões incríveis ;
  • fica perto de lugares líndissimos, que só quem gosta de caminhar pode ficar a conhecer!

Não digo onde é aqui, mas digo como lá chegar a quem quiser mesmo saber e nos enviar uma mensagem 🙂 No entanto deixo as fotos para se babarem!

IMG_6642

IMG_6660

IMG_2112.JPG´

Este post é das melhores prendas que vos pudemos dar, são 10 anos de experiencia, a acampar por todo o País. Já sabem, o mais importante é terem discernimento e respeito, e assim tudo vai correr bem, como nos corre sempre a nós! Sejam discretos também.

Não fazer fogueiras, são proibidas e muito perigosas.

Desafio: se encontrarem lixo nos lugares onde acampam, aproveitem para limpar 😉 Sim, porque acho escusado dizer para não fazerem lixo, certo?

Share this:

20 thoughts on “10 lugares onde fazer Campismo Selvagem em Portugal

  1. boa tarde, parabéns pelo excelente blogg, continuem e por ultimo podem ajudar-me com a localizaçao de Curral do Pinhõ…

  2. Eu faço já alguns anos, campismo selvagem em lugar de Sequeiros Amares rio Homem é top, podes levar a carripana mesmo até lá em baixo e nunca tive problemas com a bófia

  3. Este é o post mais ilegal e ao mesmo tempo o mais útil que li durante as minhas andanças por blogues de campismo!Sou completamente a favor de campismo selvagem desde que deixemos rasto zero. Parques de campismo simplesmente não funcionam para mim pois considero-os, no fundo, uma extensão da cidade e uma tentativa frustrada de se ter contacto com a verdadeira natureza.

    Obrigado pelas localizações. Antes que o post desapareça porque algum GNR passou por aqui, já fiz print para não perder nadinha destas pérolas.

    Gerês, aqui vou eu.

    1. David, muito obrigado pelo teu comentário! Ficamos mesmo contentes, e concordamos contigo. Não te preocupes que, mesmo que isto seja banido, podes sempre vir falar connosco pela nossa página do facebook ou assim. Qualquer outra dica que precises diz! Provavelmente este fim de semana també vou fazer outro post sobre o Gerês! Abraço!

  4. Olá.

    Só quero deixar uma sugestão que sei que vão adorar.

    Fragas de são simão. Pesquisar e ir á aventura.

  5. Adorei o blog estão de parabéns sim senhor.
    Eu como amante de campismo selvagem adorei tudo o que aqui li.
    Alguém tem sugestões de sítios na região centro oeste de Portugal?
    Cumprimentos.

  6. Olá. É bom saber acerca destes locais em Portugal, uma vez que no geral a lei é obsoleta e repressora quanto a acampar no campo (ficando uma pessoa limitada a despesas extra, parques de campismo, hoteis, marcacões com antecedencia, limitacões de epocas, horarios, estar no meo de mais nao sei quantas pessoas, horas para chegar, enfim…) já para näo falar da ridicula burocracia para pedir permissão á camara para acampar num terreno, ao delegado de saúde bla, bla, burocracias que até metem nojo.
    Tem a certeza de que acampando nestes sitios não vai lá a policia enojar uma pessoa que so deseja liberdade e aventura?
    Tenho trabalhado ocasionalmente na Noruega onde a lei permite e motiva o acampamento selvagem. Desde que haja respeito. É a chamada Allemansretten, um direito da populacão. Não é só devido aos salarios que os noruegueses, suecos etc são mais felizes e estao em forma: eles PODEM verdadeiramente viver a natureza e a aventura…gratuitamente e quando querem como querem!
    Ponham os olhos neste direito, nesta maravilha de lei : https://pt.wikipedia.org/wiki/Direito_p%C3%BAblico_de_acesso_%C3%A0_natureza
    A mim parte-me o coracão haver países onde se podem VIVER a natureza a vontade e no meu país sou vista como criminosa se o fizer…e recuso-me a pagar multas por tentar ser feliz!!!!

    1. Silvia, nós percebemos perfeitamente a tua opinião. A verdade é que, apesar dessas leis chatas, acho que, em geral, a polícia é porreira. A lei está a tentar jogar pelo seguro, no sentido em que prefere proibir tudo do que pagar mais salários a pessoas que seriam responsáveis por manter a ordem nestes lugares, o que é triste. Mas não desanimes porque apesar de tudo somos um povo dotado de bom senso, e até agora nós sempre fomos respeitados pelas autoridades e nunca tivemos de pagar nada! Aliás até pelo contrário, são quase sempre muito simpáticos e motivadores. Ás vezes ainda nos dão dicas para uma próxima e tudo! Essa lei é incrivel, mas acredita que não estamos assim tão mal 🙂 Podes contactar via email – joao.r.amorim@hotmail.com – ou através da nossa página do facebook! Beijinhos!

  7. Só mais uma coisa…há alguma forma de vos contactar via e-mail? Não encontro contacto nenhum aqui no site! Obrigado 🙂

  8. Este post é fantastico! Vivemos no reino unido e adoramos acampar. Aqui, apesar do mau tempo é legal acampar em florestas e campos que para isso estejam certificados! Até existem os bothies, casas de camponeses em aldeias mantidas apenas por quem ama caminhadas e explorar! Vamos voltar a Portugal e estávamos mesmo a comentar que é uma pena não ser permitido fazer campismo selvagem! Eu já o fiz mas sempre com aquele receio de que nos pudesse levantar problemas. É bom saber das vossas experiências e estas dicas vêm mesmo a calhar! Muito grata!

    1. No geres também temos abrigos de pastores, que são lugares bem fixes para pernoitar! É preciso conhecer bem a serra mas são normalmente lugares onde não chega ninguem e portanto não há nenhum problema. Eu acho que, acima de tudo, os policias são compreensivos e até se entusiasmam com o que fazemos, o segredo é ser simpáticos! Obrigado pelo comentário 🙂

  9. Olá pessoal:
    Dicas fantásticas! Muito obrigado.
    Aqui fica mais um local: Cascata da Cabreia / Sever do Vouga.
    O carro pode chegar até ao local e depois é só procurar um bom spot.
    Grande abraço

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *